Megalojas Havan no Pará registram crescimento de 88,3% e sinalizam oportunidade de novos investimentos no estado

As megalojas Havan no estado do Pará registaram crescimento de 88,3% em faturamento nos primeiros 14 dias de dezembro, em relação ao mesmo período de 2019. Com filiais nas cidades Marabá, Parauapebas, Belém e Ananindeua, os resultados expressivos fazem com que a varejista planeje novos investimentos no Pará para os próximos anos.

A Havan está presente no Pará desde 2014, com as lojas de Marabá e Parauapebas. A abertura da filial em Belém em outubro deste ano foi um marco na história da rede, pois se tratou da loja de número 150. A megaloja de Ananindeua abriu as portas para o público na semana passada e vem mantendo o mesmo sucesso que as demais filiais. “Desde que temos empreendimentos no estado, elas sempre estão entre os top 10 em vendas. O público realmente nos prestigia e se sente acolhido na Havan”, afirma o dono da Havan, Luciano Hang.

A adesão dos paraenses ao Cartão Havan reforça o protagonismo da varejista no Pará. Atualmente, são quase 100 mil clientes cadastrados no serviço. “Além disso, o mais interessante é que das 144 cidades existentes no estado, temos no nosso banco de dados, clientes que já fizeram compras na Havan de 143 municípios, ou seja, apenas moradores de um município ainda não compraram em nossas lojas. É uma evidência do quanto o Pará quer bem a Havan, isso nos deixa muito felizes e nos dá mais gás para seguir plantando lojas pelo Brasil”, afirma Hang.

O desempenho positivo faz com que o Pará esteja no cronograma de expansão da rede de lojas de departamento. Até 2022, o planejamento estratégico estima que sejam 220 megalojas Havan, presentes em todos os estados brasileiros. “Mesmo com os desafios deste ano, inauguramos 12 novas lojas e duas delas foram estrategicamente construídas no Pará. A receptividade dos paraenses sinaliza que ainda há muito a se investir no estado e com toda certeza, o Pará seguirá no radar de expansão da Havan”, conclui Hang.